Memorias do Assassino de Sissi

R$43,90

Fora de estoque

SKU: HISTORIA

Descrição

Documento histórico único, trata-se dos manuscritos de Luigi Lucheni – italiano e anarquista que assassinou Sissi, imperatriz da Áustria e rainha da Hungria em Genebra/Suíça, no ano de 1898, sendo condenado à prisão perpétua. Na prisão, o assassino se dedica ao estudo e à escrita de suas memórias, que são roubadas pelos guardas em 1909. Revoltado com o roubo de seus manuscritos, Luigi, que até então era um prisioneiro exemplar, passa a ser punido por sua má-conduta até que é encontrado morto em sua cela. Depois de seu suicídio em 1910, os manuscritos do anarquista permanecem desaparecidos até 1938, quando são adquiridos pelo pai do co-autor, Santo Cappon, em uma loja de antiguidades. Santo Cappon se interessa pelo achado, mas seu pai não quer que o filho se ocupe do pensamento de um assassino . Quando o pai falece, aos 103 anos, Santo Cappon se volta aos estudos das Memórias . Além das memórias de Luigi Lucheni (por ele intituladas História de um Menino Abandonado no Fim do Séc. XIX Contada por Ele Mesmo ), o livro também traz a reconstituição da história do prisioneiro, da imperatriz e do assassinato, pesquisada e relatada por Santo Cappon, e um caderno colorido de imagens com documentos inéditos como a arma do crime, fotos da imperatriz e do assassino, o cortejo fúnebre, a prisão, a cela, os manuscritos originais.

Autor: LUIGI LUCHENI & SANTO CAPPON

Editora: NOVO CONCEITO

Marca: NOVO CONCEITO

Informação adicional

Peso0.26 kg
Dimensões1 × 15 × 22 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.